O que é Marketing Digital? Como Fazer? Como Funciona? 7 Dicas Para Ganhar Dinheiro

As Etapas da jorna de compra no marketing digital até o cliente comprar o produto ou serviço.

Com as invenções do Google, das Redes sociais (Facebook, Instagram, TikTok), do YouTube e de novos apps que surgem como tendências a todo momento, atualmente fala-se muito em Marketing Digital.

As pessoas passam horas na internet socializando com amigos e parentes, pesquisando soluções para seus problemas diários.

Consultam endereços e telefones para pedir tele-entrega. E usam a internet principalmente como fonte de entretenimento.

E esse comportamento foi acentuado com a quarentena. As pessoas tiveram que ficar e trabalhar em casa por causa do contágio do vírus.

É aqui que entra o marketing digital.

Se você aprender a usar o marketing nessas plataformas onde os usuários passam a maior parte do tempo navegando, você conseguirá criar negócios online extremamente lucrativos.

Ao descobrir como usar o marketing digital para atrair a atenção e influenciar os usuários, você terá o poder de ganhar dinheiro na internet e de criar marcas que ficam registradas para sempre na mente das pessoas.

E dessa forma poderá viver apenas de internet se assim desejar. Porém o marketing digital é muito mais do que isso.

Pode lhe proporcionar vários benefícios. Tanto para sua vida pessoal quanto para o seu negócio próprio.

O marketing permite gerar tráfego para seu site ou blog, ganhar curtidas e fãs no Facebook, aumentar seu número de seguidos no Instagram, ganhar inscritos no YouTube.

Divulgar seu negócio físico. O marketing digital permite criar uma comunidade na internet onde você pode ser o líder desta tribo.

Os seguidores veem você como uma autoridade ou seu negócio como um referência no mercado. Passam a seguí-lo, admirar e recomendar para outras pessoas.

Mas você tem que usar o marketing digital com responsabilidade. Jamais visando apenas o benefício próprio. Para manipular as pessoas.

O que é marketing digital?

Marketing digital atrai, retém e converte.

É um conjunto de estratégias digitais que permitem criar e promover marcas, produtos e serviços na internet.

Estas estratégias atraem e retém a atenção do público-alvo para depois vender produtos e serviços.

Elevando muito a taxa de sucesso da marca.

Com o marketing digital você pode desenvolver marcas e lançar produtos no mercado online e impactar um número muito grande de pessoas.

Podendo até lucrar mais de 7 dígitos por ano.

Pode criar destes pequenos negócios na internet até multinacionais.

Marketing digital para leigos: Conceitos

Falando de um modo bem simples: o marketing digital compreende estratégias e técnicas de divulgação pela internet.

Ele se baseia em fazer a oferta certa para as pessoas certas.

Mas para que você consiga entender melhor, é necessário saber que há dois tipos de marketing:

– O marketing tradicional: que é aquele marketing que usa meios como televisão, rádio, revistas, entre outros;

– E o marketing digital: que usa a internet, com foco em usuários de computadores, tablets e celulares.

O marketing digital é você, por exemplo, ter um salão de beleza e usar as ferramentas disponíveis online para conseguir divulgar seu salão: Facebook, Instagram, blogs, Youtube e muito mais.

E esse marketing pode tanto ser feito gratuitamente (como é o caso das ferramentas que citamos acima) como também pode ser feito investindo dinheiro (no caso de anúncios, por exemplo).

Marketing de relacionamentos

Estar na internet é estar onde seus clientes estão.

O marketing digital para leigos ou o avançado, ao contrário do tradicional, foca mais no relacionamento da marca com os clientes. Ou no relacionamento do profissional com os clientes.

Nesse tipo de marketing a venda não acontece logo de cara.

Primeiro você atrai a atenção do potencial cliente por meio de conteúdo de valor para ele, em seguida oferece algum material ou oportunidade (grátis) para conseguir o contato direto com ele (e-mail, telefone, etc).

Em seguida continua apresentar conteúdo de valor, mas também apresenta mais informações sobre a sua marca, produto ou serviço, e em seguida a venda acontece.

Mas a venda acontece por livre e espontânea vontade do cliente, não tendo você que ficar insistindo.

O processo de marketing pela internet possui uma estrutura que faz com que o cliente deseje comprar o que você vende. O processo faz com que ele vá atrás do seu produto ou serviço.

Incrível, não é?

Como funciona o marketing digital?

Funil de vendas no marketing digital. Como funciona?

O funil de vendas funciona assim: no topo estão os usuários (visitantes) que chegam até você, logo abaixo esses usuários são transformados em leads (pessoas que interagem com você ou sua marca), depois disso você transforma esse leads em leads qualificados (com enorme potencial de se tornarem clientes).

O próximo passo é usar estratégias para transformar esse leads em oportunidades (a um passo da venda) e por fim em clientes.

As estratégias do marketing digital podem ser resumidas em 3 passos.

1° Passo – Atrair

Você produz conteúdo (artigos em blog, vídeos no YouTube, postagens nas redes sociais) com títulos persuasivos e criativos com a finalidade de chamar a atenção do público.

Existe técnicas de marketing para criar títulos impossíveis de serem ignorados.

Como iniciante em marketing digital o indicado é começar a investir no máximo em 2 canais de marketing.

– YouTube e Instagram.

– Ou YouTube e Blog.

– Ou Blog e Instagram.

Não tem problema se especializa num único canal no início. O Foco é para gerar resultado mais rápido.

2° Passo – Retenção

 Seu conteúdo tem que se envolvente. Engajar os usuários. .

Crie conteúdo de qualidade grátis que agregue valor a sua audiência. Quanto melhor seu conteúdo, mais as pessoas te seguem e recomendam seu conteúdo para mais pessoas.

Isso aumenta sua taxa de retenção. Os usuários da internet sempre voltarão para consumir mais conteúdo com você porque gostaram e se identificaram com você.

3° Passo – Converter

Nesta fase como você já atraiu e envolveu o público, agora você venderá o seu produto e/ou serviço.

Nunca seja um vendedor chato. Na internet a venda funciona diferente. A venda é invisível. Isso quer dizer que você não venderá de forma direta, apenas recomendará o produto ou serviço.

Falará dos benefícios e do resultado que o produto poderá gerar para o cliente, mas sem forçar a venda.

Marketing digital como fazer?

Como fazer marketing digital? O q é?

1° Passo – Escolha seu nicho de mercado.

O que é nicho no marketing digital?

Para começar o primeiro passo é escolher o seu nicho de mercado.

O nicho é uma fatia de um mercado maior.  É uma oportunidade lucrativa no mercado.

 Exemplo: Dentro do mercado saúde existe os nichos emagrecer, ganhar massa muscular, definição, exercícios em casa, academia, alimentação saudável, nutrição, estética, entre outros.

E existe as categorias: saúde masculina, saúde feminina.

Além disso, existe os subnicho. Dentro do nicho emagrecer tem barriga chapada, melhores exercícios para emagrecer em casa, melhores para perder peso na academia.

Remédios para emagrecer rápido. Suplementos para ajudar a perder peso. Chás que aceleram a queira de gordura.

São infinidades de nicho e subnicho para você selecionar o seu.

Quanto mais específico é o nicho melhor é porque tem menos concorrente ou você será o primeiro a explorar esta oportunidade no mercado.

Em outras palavras, quanto mais nichado é o mercado mais rápido você consegue aproveitar a oportunidade e ganhar dinheiro.

Veja o passo a passo para você escolher seu nicho de mercado perfeito.

2° Passo – Definir público-alvo

Seu público-alvo comprador

Escolheu seu nicho de mercado, agora você precisa conhecer as pessoas que têm afinidade com o nicho.

Quais as dificuldades, problemas e necessidades do público-alvo? Quais os objetivos, desejos e sonhos das pessoas deste mercado?

Conhecendo afundo seu público, você conseguirá ajuda-lo. Atendê-lo bem fornecendo soluções ou produtos que realmente ajudem a resolver seus problemas e a conquistarem seus objetivos.

Pesquise em blogs e comunidades da internet onde seu público passa a maior parte do tempo para saber os medos e as dúvidas deles.

Preste atenção ao que eles querem.

Podemos concluir que o trabalho de marketing digital se resume a: atrair clientes, criar um relacionamento com eles e apresentar soluções de acordo com as necessidades dessas pessoas.

E quando falamos em apresentar soluções de acordo com as necessidades dessas pessoa, aqui entra um ponto importante:

– O marketing digital preza por se ter um conhecimento sobre seu público, sobre as pessoas que deseja alcançar.

Em outras palavras, esse marketing tem como foco o cliente e não seu produto ou serviço. Sempre no que seu produto ou serviço tem para oferecer ao cliente.

Digamos que você queira vender roupas para bebê pela internet.

Se você souber que seu público são mães, que moram em São Paulo, que trabalham e cuidam da casa, que gostam de acompanhar blogs sobre maternidade, saberá que criar um blog ou um canal no Youtube, por exemplo, com dicas sobre maternidade e ao final recomendar sua loja será uma boa ideia para atrair o público certo.

Com isso você evitar ter que ficar “atirando para todos os lados” a fim de acertar o alvo. E evita também gastar dinheiro, exemplo:

– Se você fizer um anúncio no Facebook Ads ou Instagram Ads (ambas plataformas pagas para anunciar na internet), usando o exemplo acima, você saberá que seu público são mulheres, com idade entre 20 a 45 anos, localizadas em São Paulo, que tem interesse em assuntos ligados a maternidade, etc.

Em resumo, o estudo sobre o público-alvo é importante porque você saberá o que tem que ser feito para atrair essas pessoas:

– Quais conteúdos produzir (vídeos e artigos para blog);

– Quais termos usar;

– Quais hashtags usar em suas publicações nas redes sociais;

– Que tipo de vídeo atrairá esse público;

– Quais os interesses desse público;

– Quais as plataformas essas pessoas mais usam (Youtube, Instagram, etc);

– Entre outros.

3 Passo – Escolha se você será produtor, afiliado, ou influenciador digital?

Depois de selecionar seu nicho de mercado e de pesquisar o perfil psicológico do público ou persona, você poderá usar o marketing digital para vender ou divulgar qualquer coisa:

  • Marcas
  • Produtos
  • Serviços

1° – Se escolher ser produtor digital criará seu próprio produto para comercializar pela internet.  

Quando você estuda marketing digital a fundo, você terá um arsenal de tecnologias e conceitos que te ajudarão a desenvolver o produto e lança-lo no mercado para obter lucro em menor tempo possível.

Aprenda a criar e vender infoprodutos com o marketing digital.

Apesar do produtor digital ganhar muito dinheiro na internet, ele precisa estudar muito para lapidar seu conhecimento ao ponto de poder lançar produtos lucrativos no mercado digital.

2° – Se preferir ser afiliado digital, economizará tempo porque não precisará criar o marketing do produto, nem lança-lo no mercado, nem criar a página de vendas, pois tudo isso já está pronto.

Foi feito pelo produtor digital.

O único trabalho do afiliado é se cadastra num plataforma de produtos digitais (Hotmart, Monetizze, Eduzz ou Braip) para se afiliar aos produtos da vitrine a fim de ganhar comissões altas na vendas destes produtos.

O afiliado precisa apenas promover os produtos para ganhar comissões.

Esse método de ganhar dinheiro com marketing digital costuma ser o preferido dos empreendedores digitais porque você pode trabalhar divulgando vários produtos em nicho de mercado diferente.

O que aumenta seu lucro. No entanto, se você é iniciante em marketing digital ao trabalhar como afiliado é indicado focar apenas num nicho de mercado e trabalhar com poucos produtos dentro deste nicho.

Se tentar promover vários produtos em nichos diferentes perderá vendas para os top afiliados do mercado, pois eles conhecem mais estratégias de marketing digital avançadas e “roubarão” suas vendas.

Por isso é importante saber escolher o nicho de mercado certo e os produtos ideais para trabalhar com marketing digital se você está começando agora.

Descubra Como selecionar produtos e vender na Hotmart aqui.

3° – Se preferi trabalhar como influenciador digital, poderá construir uma audiência no Instagram, YouTube, Pinterest, TikTok, ou em outra rede social da sua preferência para alugar espaços publicitário em seus canais de marketing digital.

Não precisa ter milhares de seguidores para ser um influenciador digital. Atualmente, as empresas estão priorizando os microinfluenciadores digitais que são mais próximo do seu público porque estes costumam engajar mais.

O influenciador ganha dinheiro anunciando marcas, produtos e serviços que ele usa e recomenda para sua audiência.

O influenciador digital pode trabalhar como afiliado também. Não tem problema.

A única coisa que você jamais pode fazer como influencer digital é divulgar marcas e produtos que você não usa nem gosta visando apenas o lucro.

Se fizer isso corre-se o risco de perder sua audiência e ser criticado pela comunidade na internet.

4° Passo – Estratégia de venda

Lançamentos

Tem um conjunto de estratégias de marketing digital que te permite lançar um produto digital no mercado sem ter o produto.

Essas estratégias vendem o produto primeiro antes de cria-lo. Dessa forma, você não perde tempo desenvolvendo o produto sem saber primeiro se existe demanda no mercado e se as pessoas realmente querem comprar.

Primeiro, você lança e descobre se o mercado aceita o produto, se sim, depois você cria o produto do zero e vai aperfeiçoando.

A ideia do lançamento é validar a oferta do produto e fazer ajustes para descobrir o que o público-alvo do mercado deseja, sonha.

Aí sim o lançador desenvolve o produto depois de checar o que realmente o cliente quer.

Logo, existe um processo para você lançar produtos certos no mercado de forma rápida para ter uma injeção de caixa.

Se você já vende um produto, pode usar estes técnicas e estratégias de marketing digital para lançar o produto e obter picos de vendas.

Essa estratégia de marketing digital funciona assim:

Você cria uma séria de vídeos (Entre 4 a 5 geralmente) e lança estes vídeos no mercado em datas fixas.  Você divulga um vídeo por vez.

E a medida que os visitantes assistem o vídeo e dão feedback, você vai preparando o próximo vídeo, fazendo ajustes e lança poucos dias depois do primeiro.

Da mesma forma, você colhe novamente feedbacks e lança o próximo até você lançar o último vídeo onde irá abrir o carrinho para vender seu produto.

O carrinho só fica aberto por 24h. É o tempo que o público terá para comprar o produto. Por isso essa estratégia gera picos de vendas.

Entretanto, você só pode usá-la algumas vezes por ano.

Eu falei de forma resumida aqui, essa estratégia vai muito além disso, você precisa usar uma série de gatilhos mentais (técnicas psicológicas para gerar curiosidade e estimular a vontade de compra do produto ou serviço) nos clientes.

Se é iniciante comece pela estratégia abaixo.

Vendas no perpétuo

Ao contrário do lançamento, vendas no perpétuo acontece durante todo o ano. Você sempre deixa o carrinho de compras abertos para as pessoas comprarem o produto.

São diversas estratégias usadas para você vender seus produtos. As principais são:

Webinários

É um workshop ao vivo com uma hora de duração aproximado onde você ministra uma aula sobre determinado assunto que o público-alvo do produto gosta para no final da aula, você convidar os participantes para conhecer o treinamento completo.

A aula no webinário é apenas uma isca digital para atrair a atenção do público.

Durante evento ou aula, você explicará o assunto, deixará claro qual a promessa ou objetivo da aula, e irá quebrar objeções durante o decorrer da aula para no final do webinário você fazer o convite e vende seu curso online (treinamento).

Objeções são crenças ou bloqueios que o público têm rem relação ao produto ou conteúdo abordado.

Você precisa quebrar estas objeções se quiser fazer com que muitas pessoas comprem sua oferta.

Aprenda a criar uma oferta irresistível.

Como fazer o convite no final do webinário?

Você já deve ter visto, esta frase é clássica “Se você gostou do conteúdo, do workshop, eu tenho um convite para te fazer, clique no botão que irá aparecer em algum lugar aqui da tela para particular do meu treinamento completo… Você vai ganhar estes bônus…”.

Lives ao vivo

As lives funcionam parecidas com webinários. Elas são principalmente usadas no Instagram pelo fato da comunidade ser bem engajada.

Tanto webinários quantos lives funcionam muito bem.

Se você tem uma comunidade ativa e engajada, prefira fazer lives. O lucro é maior.

Mas não esqueça de usar os webinários para aumentar sua base de leads. O que a longo prazo é uma mina de oura.

Mais em baixo falarei sobre isso.

Ebooks ou cursos grátis

Você pode criar um ebook ou curso grátis…

Fornecer conteúdo de qualidade grátis é uma ótima forma de atrair a atenção do seu público-alvo para convertê-lo depois.

Você dá uma recompensa digital para seu público cadastrar o e-mail numa lading page(página de captura de leads).

E uma vez que o visitante cadastrou o e-mail para receber o ebook ou curso grátis em seu e-mail, você poderá manter contato com essas pessoas para sempre.

Como tem o e-mail, poderá alimentar sua base de leads com conteúdo novos todos os dias e fazer oferta dos seus produtos e serviços.

Isso é muito lucrativo porque permite escalar o seu lucro.

Além de fazer e-mail marketing, estratégia digital preferida pelos Top Players do mercado, poderá promover seus produtos ou indicar produtos de terceiros dentro do ebook ou do curso grátis.

Percebeu porque isso é tão lucrativo?

Recompensas digitais são muito usado por profissionais do marketing que trabalham com Instagram, YouTube e Blogs.

Eles disponibilizam as iscas digitais (ebook ou curso grátis) no blog. E no Instagram e no YouTube eles recomendam os visitantes acessarem ao blog para ter acesso ao ebook ou curso grátis.

Quer saber melhor como essa estratégia de marketing digital funciona, clique aqui: As 3 melhores formas de ganhar dinheiro no YouTube com poucos inscritos.

5° Passo – Escale as vendas e leve seu negócio digital para o próximo nível

Começou a ganhar dinheiro com marketing digital, monte sua esteira de produtos para escalar seu lucro.

Geralmente, 30% a 40% dos seus clientes compram mais produtos de você.

Se 200 clientes compram um produto de você, 60 a 80 comprariam um segundo produto, e destes que compram o segundo, mais 30% a 40% comprariam o terceiro…

Logo crie uma esteira de produtos para aumentar suas vendas. O produto não precisa ser seu. Pode promove-lo como afiliado digital.

Não ter mais produtos é deixar dinheiro na mesa.

Tenha produtos com vários tickets.

Ticket baixo (Até R$ 197,00).

Ticket médio (R$ 497 a R$ 2997,00).

Ticket alto (Acima de R$ 2.997,00).

Diversifique sua fonte de tráfego pago e mescle com tráfego orgânico para escalar seu lucro.

Dá para crescer com tráfego orgânico, mais se quer crescer acelerado invista em tráfego pago no Facebook ADS, Google ADS, YouTube ADS.

Aprenda o passo a passo correto para comprar tráfego nessas plataformas. Descubra como criar anúncios persuasivos e criativos que lhe darão ROI (retorno sob investimento).

Se você aprender as técnicas e estratégias do marketing digital poderá trabalhar em diversas profissões além de poder também montar seu próprio negócio online de sucesso.

Marketing de nicho

Esse tipo de marketing tem foco num público específico e dentre as principais vantagens temos a baixa competividade e os ótimos retornos sobre investimentos em divulgação.

O marketing de nicho pode tanto ser adotado por pequenas empresas quanto por empreendedores que buscam melhorar os resultados do seu negócio e conquistar autoridade.

O marketing de nicho está entre as melhores estratégias do marketing digital para promover o seu negócio.

O que é marketing de nicho?

Imagine que você tente abrir um e-commerce e queira competir com grandes marcas como Amazon e Mercado Livre, por exemplo. Seus resultados, nesse caso, seriam extremamente baixos.

Já que essas empresas são gigantes, estão consolidadas no mercado.

Agora imagine que você abra um e-commerce de nicho, focado num determinado público: games, moda masculina, moda infantil, moda praia, papelaria, brinquedos, etc.

Você trabalharia com um público segmentado e com maiores chances de sucesso e bons retornos.

O marketing de nicho é isso, você trabalha com um grupo restrito dentro de um mercado. Grupo esse que não tem suas necessidades atendidas pelo mercado.

Esse tipo de marketing pode tanto ser usado para produtos físicos ou digitais como para serviços.

E o mais interessante aqui é que você pode encontrar nichos ainda não explorados ou pouco explorados e conseguir sair na frente dos concorrentes.

Marketing de nicho: um conceito antigo

Mesmo sendo um termo recente, esse tipo de marketing já era utilizado há décadas.

Um dos casos datados é de 1902 quando o americano Francis Woodward, fundador da Genesee Pure Food Company teve a ideia de anunciar seu produto numa revista que tinha como público-alvo donas de casa, a revista “Ladies Home Journal”.

O produto divulgado por Woodward foi uma gelatina. No anúncio ele apresenta seu produto como “a gelatina preferida da América”. Com essa estratégia ele aumentou as vendas desse produto e conseguiu reerguer a empresa que estava numa situação nada favorável.

O que Francis Woodward fez foi apresentar seu produto para um público específico. Ao invés de, talvez, publicar um anúncio no jornal impresso, por exemplo, onde o público era mais amplo, ele resolveu apresentar seu produto para quem realmente teria interesse nele.

É assim que o marketing de nicho funciona: você apresenta seus serviços e produtos para as pessoas certas, que buscam por uma solução desse tipo.

Fazendo uma analogia, seria como ir pescar num lugar em onde você sabe que há peixes, onde se fez uma pesquisa antes, e você volta com a rede cheia, ao invés de simplesmente ir para qualquer lugar e “tirar a sorte” para pegar um ou dois peixinhos (ou nenhum).

Por que fazer marketing de nicho?

Um dos motivos é a baixa concorrência, como já citamos. Pois enquanto um mercado é algo amplo e atrai a atenção de muitos, elevando a concorrência, os nichos são menores e neles a concorrência é baixíssima.

Empresas, empresários e empreendedores que praticam esse tipo de marketing conseguem clientes fiéis e que divulgarão seu negócio.

Mas por que isso acontece?

Como você estará atuando no setor com poucas opções, seus clientes, ao sentirem-se satisfeitos tanto com o produto/serviço quanto com o atendimento, promoverão seu negócio para familiares, amigos e seguidores. E como, geralmente, as pessoas tem amigos e conhecidos com gostos semelhantes, usando esse tipo de marketing seus resultados serão muito bons.

Mas ainda há outras vantagens em fazer marketing de nicho:

Menor custo por clique: se você trabalha com anúncios online em plataformas como Google AdSense, Facebook Ads ou Instagram Ads, sabe que a segmentação é algo que te ajuda a reduzir os custos por clique. Logo, com o marketing de nicho você consegue reduzir esses custos;

Você pode aumentar o valor dos seus produtos e serviços: de acordo com o profissional de marketing norte-americano Philip Kotler, considerado por muitos como o “pai do marketing”, ao escolher atuar com um nicho, onde se tem poucos concorrentes, e se tornando especialista nesse nicho, você consegue cobrar um maior preço por seus produtos e/ou serviços. E os seus clientes não verão problema nisso, pois enxergaram a exclusividade que terão com essa escolha;

Público focado e mais resultados: você tem um público menor, mas que, usando as técnicas, estratégias e ferramentas de marketing digital certas, interagirá mais com sua marca do que se você focasse num público maior. Podemos concluir que aqui o retorno é muito mais garantido;

Expandir seu negócio: além de todos os benefícios citados aqui, ao contrário do que alguns pensam, ao optar por se especializar num nicho você terá também potencial para conseguir expandir seu negócio e aumentar suas receitas.

7 Formas Incríveis para ganhar dinheiro com marketing digital:

1° – Trabalhe como afiliado digital e ganhe comissões que variam entre 30% a 70%.

O afiliado pode trabalhar com produtos recorrentes. Que dizer que basta ao filiado vender o produto ou assinatura apenas uma vez para ele ganhar comissões enquanto o cliente for assinante do produto.

O afiliado ganha comissão pela venda todo mês.

Veja as 2 melhores estratégias comprovadas para ganhar dinheiro como afiliado.

E como divulgar links de afiliados do jeito certo.

2° – Trabalhar como produtor digital e ganhar 100% total nas vendas online.

3° – Influenciador Digital

Promover produtos próprios e terceiros nas redes sociais.

4° – Copywirter

Profissional altamente valorizado por ser especialista em criar textos e roteiros persuasivos que geram vendas todos os dias em piloto automático.

O Copywriterpode trabalhar como produtor ou afiliado digital. Pode ser ambos também.

Além de poder trabalhar criando cartas de vendas para outros profissionais do mercado.

Isso porque a habilidade principal de um copywriter é persuadir as pessoas para fazerem determinada ação. Seja fazer download e um ebook, baixar um aplicativo, ligar para um número de telefone, ou mesmo comprar um produto.

Gerente de afiliados

Profissional capitão de times de vendas do produtor digital. Esse profissional é responsável por recrutar os melhores afiliados dos mercados.

A medida que um produto é muito comercializado pela internet, o produtor digital precisará de um gerente de afiliados para comandar o time de vendas.

O gerente de afiliados cria material para divulgação dos produtos e serviços. Além de ensinar aos demais afiliados as melhores práticas para promover os produtos e ganhar comissões.

É dito que o gerente de afiliado é especialista em trabalhar como marketing de afiliados.

6° – Gestor de tráfego

Profissional especialista em fontes de tráfego diferente.

O gestor de tráfego sabe os melhores lugares para investir dinheiro em tráfego pago a fim de obter lucro com menor custo.

7° – Coprodutor

Expert em marketing digital. Lança experts de outros nichos de mercado. O Coprodutor faz o marketing do produto enquanto o outro especialista cria o conteúdo.

Como coprodutor você pode criar um produto digital lançando outros especialistas.

Se quer saber mais sobre este método de trabalho, veja o que é a Hotmart.

A diferença entre o produtor digital e coprodutor é que o produtor faz todo o serviço. Cria o produto, a página de vendas, o marketing.

O coprodutor faz apenas o marketing digital enquanto o outro especialista cria o conteúdo do produto.

A coprodução é uma parceria entre dois especialistas.

Ter um negócio na internet vale a pena?

Falamos no começo desse artigo que o marketing digital pode tanto ser usado para divulgar seu negócio como para criar um negócio na internet.

E talvez você esteja pensando: “será que ter um negócio na internet é algo promissor?”

A resposta é: sim. E esse pode ser considerado um dos negócios mais promissores que existem.

De acordo com dados do 38º Webshoppers Ebit/Nielsen, que pesquisa tanto sobre lojas virtuais quanto sobre os dados do mercado online em geral, somente no primeiro semestre de 2018 os negócios online tiveram um faturamento de R$ 23,6 bilhões.

Mais da metade da população no Brasil e no mundo está na internet, usando seus celulares, tablets ou computadores. Tanto é que empresas de quaisquer segmentos podem encontrar clientes por meio da internet.

E há diversas maneiras de começar um negócio online, seja trabalhando com e-commerce, oferecendo serviços como freelancer e, o mais simples, promissor e lucrativo, promovendo produtos.

O afiliado não precisa se preocupar com estoque, não tem que criar nenhum produto, não precisa oferecer nenhum serviço. Todo o trabalho dele se resume a promover produtos de outras pessoas (sejam produtos digitais ou físicos).

Atualmente as pessoas pesquisam praticamente tudo pela internet, desde locais para comer, sobre o trânsito, sobre lojas, serviços, consultórios, pet shops, cabeleireiros, loja de eletrônicos em sua região ou online e muito mais.

As pessoas raramente perguntam as outras sobre alguma coisa, elas simplesmente pegam seu celular e pesquisam.

Agora imagine seu negócio aparecendo nos resultados de pesquisa dessas pessoas?

Obviamente você também deve fazer isso, certo? Pense na última compra que você fez, na contratação de um profissional, em como pesquisou sobre uma empresa, numa resenha ou review que conferiu sobre um produto, etc.

Vantagens de construir uma presença online

Estar na internet, construir sua presença online, te ajudará de várias formas:

– Poderá engajar mais as pessoas e ter fãs falando da sua marca, produto ou serviço para outras pessoas (divulgação gratuita);

– Você conseguirá muito mais clientes;

– Isso te ajudará a fidelizar clientes;

– Você tornará a jornada de compra do cliente mais curta, pois apresentará os produtos ideais para ele;

– Gastará menos com anúncios (isso se trabalhar com o marketing digital com foco no orgânico, em SEO, criando artigos e vídeos, por exemplo);

– Conseguirá medir os resultados: ao contrário do marketing tradicional, com o digital você conta com ferramentas que te ajudam a medir o desempenho dos seus esforços (saber se a campanha teve um bom retorno, se o investimento em anúncios online teve retorno para conseguir mais clientes, se o blog está com uma boa quantidade de visitas, etc.

Como aprender marketing digital: Por onde começar?

Para iniciar no marketing digital, você pode começar com plataformas gratuitas como Youtube e redes sociais.

Essas plataformas te ajudarão a atrair o público que precisa sem precisar investir por agora. Mas deverá investir em conteúdo.

No entanto, é importante ter um local para onde enviar esse público para conseguir ter um relacionamento mais próximo (lembre-se do funil que falamos aqui) e para isso um blog é essencial.

Porém, o mais importante de tudo é que você invista em você, que obtenha conhecimento.

De nada adianta contar com várias ferramentas e não saber o que fazer com ela. Também, de nada adianta criar conta em várias redes sociais e não saber como atrair e engajar o público ideal.

Se você quer aprender inglês o que você faz? Busca por um bom curso, com um professor ótimo que te ajudará a aprender esse novo idioma, certo?

O mesmo vale para aprender sobre marketing digital, é importante contar com um guia que tenha vasta experiência e te conduza corretamente.

O melhor curso de marketing digital que recomendo é o Fórmula Negócio Online.

Por fim, é importante que você sempre se mantenha atualizado, já que o marketing digital está sempre se renovando: o que funcionava hoje, daqui a um tempo não surte mais tanto efeito.

Conclusão

Então vimos os conceitos e fundamentos principais do marketing digital neste guia, e aprendemos como funciona e como fazer marketing digital.

Veja também os melhores sites para trabalhar em casa pela internet.

E as melhores estratégias de marketing digital.

Agora é negócio é sair da teoria e entrar em ação se quiser mesmo construir um negócio de sucesso na internet.

Um forte abraço!

E até o próximo post.

Felipe Lino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *